Artigos

Lula é escalado para tentar "convencer" Vaccari a deixar o partido.

Lula é escalado para tentar "convencer" Vaccari a deixar o partido.

Ao que tudo indica, o cheiro ruim de mais um escândalo está incomodando os integrantes do partido. Constrangidos com as evidências,  deputados petistas procuraram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava em Brasília, e pediram que ele entre no circuito para tentar convencer Vaccari a se afastar da Secretaria das Finanças da legenda.

Vaccari é um dos alvos da Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção e desvios de recursos na Petrobras, por ter sido denunciado à Justiça pelo Ministério Público Federal por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro para os cofres do partido.

Quando o dinheiro estava entrando nos cofres do partido e ajudando a financiar campanhas eleitorais, Vaccari era tratado como herói. Agora, após a descoberta dos esquemas ilícitos, sua situação delicada “constrange” o PT e a presidente Dilma Rousseff, que quer ser ver livre do tesoureiro o quanto antes, embora Vaccari ainda resista em se licenciar.

A maior preocupação da cúpula petista agora consiste em construir um acordo para que a saída do tesoureiro pareça uma iniciativa dele.

Ruy Falcão “embaraçado”

O mal-estar sobre a crise que envolve o PT diante da Lava Jato também ocupou boa parte do jantar entre Dilma, Lula, Falcão e ministros do PT, na segunda-feira.

Temendo o agravamento da crise e de novas revelações, o diretório do PT no Rio Grande do Sul aprovou documento que pede a saída de Vaccari e vai levar o assunto à próxima reunião da Executiva Nacional, no dia 16 de abril.

Visivelmente constrangido, o presidente do PT, Ruy Falcão informou sobre a situação do tesoureiro do partido: “Até agora não recebemos qualquer pedido e Vaccari não apresentou intenção voluntária de se afastar”.

Lula parece não se incomodar com a função de “limpador de privada” e já se articula para convencer Vaccari a sair gentilmente do partido. Pela port dos fundos.

@muylaerte

 

 

Artigos

More in Artigos

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato