Política

PPS pede que TSE multe Dilma por suposta propaganda no 1º de Maio

PPS pede que TSE multe Dilma por suposta propaganda no 1º de Maio

O PPS entrou com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir multa à presidente Dilma Rousseff por suposta propaganda eleitoral antecipada em razão do pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão pelo Dia do Trabalho.

No pronunciamento, Dilma criticou o sistema bancário e as altas taxas de juros. O G1 procurou a assessoria da Presidência e aguarda resposta.

O PPS pede que Dilma seja multada em valores entre R$ 5 mil e R$ 25 mil. Para a legenda, o pronunciamento comparou governo atual com anteriores e teve propósito eleitoral. Pela legislação, a propaganda eleitoral só é permitida a partir de 5 de julho do ano da eleição.

“A evidente e notória pré-candidata Dilma Rousseff não economizou elogios ao seu próprio governo e ao governo de seu antecessor, comparando-os, sutilmente, com governos anteriores”, diz a representação do PPS.

O pedido do PPS foi distribuído para o ministro Castro Meira, que poderá dar decisão liminar. A palavra final caberá ao plenário do TSE.

Punição ao PSDB e representação do MP
Na segunda (27), o TSE determinou a suspensão de trecho de programa do PSDB no rádio e na TV em que o senador Aécio Neves, recém-eleito presidente da legenda, cita sua atuação como governador de Minas Gerais e diz que quer conversar com a população sobre alternativas para “cuidar melhor do Brasil”.

Na semana passada, a Procuradoria Geral Eleitoral apresentou representação ao TSE na qual pede que a presidente Dilma e o Partido dos Trabalhadores sejam multados por propaganda eleitoral antecipada em razão de programas veiculados pelo PT na televisão nos dias 27 e 30 de abril e no dia 2 de maio.

No documento que ainda será analisado pelo TSE, a Procuradoria vê “evidente promoção pessoal” de Dilma com a finalidade de “fortalecer a reeleição”.

“[É de] conhecimento público que Dilma Rousseff é notória pré-candidata à reeleição e que a mobilização em torno de sua candidatura tem como um dos seus principais incentivadores o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que participa das inserções.”

Mais Política em Domínio do Fato

Dominio do Fato

Política

More in Política

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato