Giro Notícias

Chuvas constantes aumentam o risco do aparecimento de ferrugem no MT

Chuvas constantes aumentam o risco do aparecimento de ferrugem no MT

DO JORNAL DO TEMPO

O plantio de soja atrasou um pouco por causa da falta de chuvas em outubro, mas está praticamente encerrado no Mato Grosso, o maior produtor do grão no país. Agora a grande preocupação dos produtores é em relação às doenças que podem aparecer nas lavouras devido às chuvas constantes. Nesse mês de novembro três casos de ferrugem asiática foram identificados no Estado, por enquanto, todos em soja guaxa, remanescente da safra interior.

Segundo os meteorologistas da Somar, nos próximos dez dias deve chover mais de 100mm em algumas áreas do Mato Grosso. Na primeira de semana de dezembro o volume de chuva pode ser de até 150mm no oeste do Estado, justamente a área onde foram identificados dois casos: um em Sapezal-MT e outro em Campo Novo do Parecis-MT. Para essas duas cidades pode chover até 200mm nos próximos 15 dias.

Os produtores devem ficar atentos às lavouras a partir de agora e fazer um monitoramento diário. Se a doença for identificada no estágio vegetativo a primeira a aplicação de fungicida deve ser feita. Porém, o meteorologista da Somar Celso Oliveira afirma que o melhor período para o tratamento cultural será na segunda semana de dezembro, quando as chuvas diminuem um pouco e os acumulados ficam mais baixos.

O primeiro relato do aparecimento da ferrugem asiática foi no Japão, em 1903. No Brasil a doença chegou em 2001. É considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura e pode ocorrer em qualquer estádio fenológico da cultura. Plantas infectadas apresentam desfolha precoce, comprometendo a formação e o enchimento de vagens, reduzindo o peso final dos grãos.

Nesta semana, de forma geral, por conta de um canal de umidade, chove em todo o Centro-Oeste do Brasil. Os dias seguem com tempo mais fechado e condição para pancadas isoladas a qualquer hora do dia. Há previsão de chuva para toda Região, mas os maiores acumulados e riscos para temporais seguem na metade norte.

Giro de Notícias domínio do Fato

Giro Notícias

More in Giro Notícias

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato