Brasil

Pelo menos 100 crianças estão no Cadastro Nacional de Adoção no MA

Pelo menos 100 crianças estão no Cadastro Nacional de Adoção no MA

No Maranhão, aproximadamente 100 crianças estão no Cadastro Nacional de Adoção. Somente no ano passado, 54 conseguiram um novo lar. A questão está na série de procedimentos burocráticos que envolve uma adoção (assista na reportagem ao lado).

“É crime registrar como filho seu uma criança que é filho natural de outra pessoa. Isso pode levar à pena de prisão e de perda do poder familiar, juridicamente feito de forma criminosa”, diz José Américo Abreu Costa, juiz da 1ª Vara da Infância.

As estatísticas mostram que quase sempre o adotado quer conhecer a família de origem. Recentemente, a maranhense Sabrina, criada por franceses desde bebê, esteve em São Luís à procura da mãe, Maria de Nazaré. Um encontro emocionante e cheio de alegria.

Psicólogos e juízes afirmam que quando o processo de adoção acontece sem mentiras e de acordo com a lei os traumas são menores .

É o caso de Kelly Cristina, de 36 anos, que hoje é casada e tem três filhos. Ela foi adotada ainda bebê e sempre soube disso, mas só há pouco tempo passou a ter contato com a família biológica. Pela internet ela descobriu que tem irmãos e já falou por telefone com a mãe.

“No dia 10 de outubro me deu um estalo: vou procurar minha mãe. Daí comecei a procurá-la na internet, mas não a encontrei em uma rede social, acessando o nome dela, Maria da Costa. Aí lembrei da minha irmã e todas pessoas com o nome dela eu adicionei. A primeira a ser adicionada era ela”, conta.

Acesso a dados
Quando o processo de adoção é legal, o adotado pode ter acesso aos documentos na justiça. “Ficou consagrado o direito da criança futuramente saber sua origem, quem são os seus pais biológicos. Evidentemente que se a adoção foi feita dentro dos procedimentos legais, essa criança, no tempo oportuno, poderá requerer o acesso a esses dados e o poder judiciário agora tem a obrigação de fornecer”, conclui o juiz da 1ª Vara da Infância, José Américo Abreu Costa.

Para ler mais notícias do Maranhão, clique em g1.globo.com/ma. Siga também o G1 Maranhão no Twitter e por RSS.

Domínio do Fato – Mais Notícias do Brasil

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato