Tecnologia

Livraria Cultura lança leitor digital Kobo Touch por R$ 400 no Brasil

Livraria Cultura lança leitor digital Kobo Touch por R$ 400 no Brasil

A Livraria Cultura, em parceria com a fabricante Kobo, lançou nesta segunda-feira (26) o leitor eletrônico Kobo Touch, que chegará às lojas em 5 de dezembro por R$ 400. A pré-venda começa a partir da meia-noite desta terça-feira (27). O aparelho com tela de 6 polegadas tem 2 gigabytes (GB) de memória interna, que permite armazenar 1 mil livros digitais, além de bateria com duração de um mês. O usuário do Kobo Touch terá 12 mil livros em português disponíveis para compra.

Leitor digital Kobo, comercializado no Brasil pela Livraria Cultura (Foto: Laura Brentano/G1)Leitor digital Kobo Touch, comercializado no Brasil pela Livraria Cultura (Foto: Laura Brentano/G1)

Segundo Sergio Herz, presidente-executivo da Livraria Cultura, não existe competição entre o livro físico e os e-books, que são experiências complementares. “Queremos que o Brasil leia mais”, disse. “O mercado de e-books ainda é pequeno no Brasil. Comprar livros digitais era complicado. Com o Kobo Touch, vamos incentivar esse mercado”, acrescentou.

“O Brasil é um país muito importante, principalmente agora no mercado de e-readers”, afirmou Todd Humphrey, vice-presidente da Kobo. Segundo o executivo, a Kobo espera que as vendas de livros aumentem no país com o novo leitor eletrônico.

Em 5 de dezembro, a Livraria Cultura e a Kobo irão disponibilizar aplicativos da parceria para as plataformas iOS, da Apple, e Android, do Google. O usuário do Kobo Touch poderá baixar os livros por meio do próprio aparelho ou por tablets e computadores. Todos os títulos ficarão armazenados na conta do usuário na nuvem e ele poderá acessá-los em outras plataformas.

Leitor digital Kobo Touch, comercializado no Brasil pela Livraria Cultura (Foto: Laura Brentano/G1)Leitor digital Kobo Touch permite armazenar
até 1 mil livros (Foto: Laura Brentano/G1)

Conforme Herz, a companhia tem o interesse de vender o Kobo Touch no maior número de varejistas possível, e não apenas na Livraria Cultura. Uma das lojas que já confirmou o início das vendas do aparelho em 5 de dezembro é a Rakuten.

Outros modelos do Kobo estão previstos para chegar ao Brasil no primeiro trimestre de 2013, segundo Herz. Entre eles estão uma versão mini do leitor eletrônico, com tela de 5 polegadas, e um modelo que permite ler livros sem o auxílio de iluminação, chamado Kobo Glo. A companhia também espera lançar no próximo ano o tablet Kobo Arc.

Sobre o lançamento de revistas digitais no Kobo Touch, Herz disse que a Livraria Cultura está negociando com as editoras o conteúdo no formato epub – usado por todos os leitores de livros digitais. Porém, até o momento, não existem revistas no Brasil disponíveis em epub, apenas em formato para tablets, conforme Herz.

Amazon
O anúncio da livraria acontece pouco antes de a Amazon, segundo rumores, iniciar suas atividades no Brasil, vendendo o leitor digital Kindle e livros virtuais. Sobre o assunto, Todd Humphrey disse que a parceria com a Livraria Cultura “não deixará chance para a Amazon no país”. Humphrey também criticou o formato “fechado” da Amazon, que não permite aos usuários acessar seus títulos em outras plataformas.

Herz afirmou que a época escolhida para lançar o Kobo Touch no Brasil não tem relação com a possível chegada da Amazon. “Era nosso calendário. Queríamos aproveitar o Natal. Não nos baseamos pela Amazon”, disse. “Eu acho que eles vêm ao Brasil, mas não sei quando. Os rumores existem há mais de um ano. A Amazon já atende usuários brasileiros, mas precisa jogar no mesmo campo que o nosso, com a burocracia e os impostos”, acrescentou Herz.

Domínio do Fato Tecnologia

Tecnologia

More in Tecnologia

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato