Brasil

‘Jesus’ vai a julgamento no RN por matar madrasta de 70 anos a pedrada

‘Jesus’ vai a julgamento no RN por matar madrasta de 70 anos a pedrada

Francisco Genilson Rosa da Silva, o 'Jesus' (Foto: Sidney Silva)Francisco Genilson Rosa da Silva, o ‘Jesus’ (Foto: Sidney Silva)

O pescador Francisco Genilson Rosa da Silva, de 32 anos, mais conhecido como ‘Jesus’, vai a julgamento na manhã desta quarta-feira (28) acusado de assassinar sua própria madrasta, a aposentada Tereza Maria de Oliveira, de 70 anos, segundo informações do Fórum Emídio Avelino, de Macau, onde será realizado o júri. O crime aconteceu em agosto de 2010 e, de acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o réu confessou o crime e admitiu ter matado a idosa com uma pedrada.

Ainda segundo a denúncia, Teresa foi morta por volta das 2h do dia 19 de agosto de 2010, quando o réu, com o emprego de meio cruel, além de uma pedra, utilizou-se de um pedaço de madeira e uma faca para executar o crime. “O denunciado teria encontrado a vítima e, após uma discussão, pegou uma pedra que estava na rua e desferiu um golpe contra a cabeça dela. Já com a ofendida caída no chão, o acusado desferiu várias cutiladas nela com uma faca”, relata a acusação.

Consta também, de acordo com o Ministério Público, que a vítima convivia maritalmente com o pai do acusado. No entanto, o próprio Francisco Genilson relata, em seu depoimento, o motivo que o levou a assassinar sua madrasta. Ao ser interrogado em juízo, o réu relata que matou a Tereza “por que não aguentava mais, já que ela e seu pai viviam brigando e envolviam os filhos”.

Conta também, no depoimento de Francisco, “que seu pai sempre arrumava confusões e que chegou a lhe ameaçar. Afirmou que já tinha brigado com a vítima; que quase morreu por causa dela e que tinha raiva dela porque ela era muito falsa”.

lembrou de uma faca que tinha em cima da estante e partiu para cima dela”Francisco  Genilson, em depoimento

Indagado sobre como os fatos ocorreram no dia do crime, Francisco disse, ainda de acordo com depoimento em juízo, “lembrou de uma faca que tinha em cima da estante e partiu para cima dela”. Dando continuidade à narrativa, ele acrescentou que, “como já ia pegar uma cadeia mesmo”, resolveu bater com um pau na vítima e depois ainda a atingiu com uma pedra.

Por fim, perguntado se teve ajuda na execução do delito, o réu respondeu que fez tudo só, “que ninguém viu e que seu pai não teve nada a ver com o crime”.

O julgamento de ‘Jesus’ está previsto para começar às 9h, no Fórum Emídio Avelino. Como acusação, o julgamento terá o promotor Wilmar Carlos de Paiva Leite Filho. A defesa ficará por conta do defensor público Ewerton Florêncio da Costa e o júri será presidido pela juíza Cristiane Maria de Vasconcelos Batista.

Para ler mais notícias do G1 Rio Grande do Norte, clique em g1.globo.com/rn. Siga também o G1 RN no Twitter e por RSS.

Domínio do Fato – Mais Notícias do Brasil

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato