Brasil

Ibama apreende cinco caminhões com madeira ilegal em Mato Grosso

Ibama apreende cinco caminhões com madeira ilegal em Mato Grosso

Caminhões em péssimo estado de conser (Foto: Assessoria/IBAMA)Caminhões em péssimo estado de conservação foram flagrados com a madeira  (Foto: Assessoria/IBAMA)

Cincos caminhões carregados com 70 m³ de madeiras extraídas ilegalmente foram apreendidos nesta terça-feira (27) por agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e do Recursos Renováveis (Ibama). De acordo com o gerente do Ibama, Evandro Selva, os veículos foram flagrados em uma estrada vicinal conhecida por “Rodovia da Soja”, na cidade Feliz Natal, a 538 quilômetros da Cuiabá. A ação faz parte da operação “Soberania Nacional”.

Após informações de que os caminhões estariam chegando na cidade a com madeira ilegal durante a madrugada desta terça-feira, os agentes do Ibama relataram que ficaram à espera dos suspeitos na estrada. Ainda de acordo com Selva, o volume de madeira apreendido era de várias espécies, dentre elas, algumas já consideradas raras na região como a Itaúba e Sucupira-preta, ambas, segundo a fiscalização do Ibama, consideradas madeiras de alta resistência e, deste modo, utilizadas para fabricação de móveis.

Conforme informações do Ibama, o que mais chamou a atenção dos agentes ambientais foi o estado precário de dois caminhões que circulavam na região. Os veículos, além de fazer o transporte ilegal de madeira, estavam fora das normas de segurança impostas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), sendo que, dois deles, sequer possuíam portas, informou os agentes.

Segundo o gerente do Ibama, veículos como esses são comuns no transporte ilegal de madeira, às vezes, segundo Evandro Selva, a carga que está sendo transportada é mais valiosa do que o próprio veiculo. “Vários acidentes de trânsito já foram relatados envolvendo veículos deste tipo”, ressaltou . Além disso, toda a madeira e os veículos apreendidos foram levados para o pátio da Secretaria de Obras do Município de Feliz Natal, onde permanecerão até decisão superior do órgão ambiental.

Domínio do Fato – Mais Notícias do Brasil

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato