Brasil

Direção transfere 12 presos da Casa de Custódia para interior do Piauí

Direção transfere 12 presos da Casa de Custódia para interior do Piauí

O diretor de presídio da Secretaria Estadual de Justiça do Piauí, Ancelmo Portela, confirmou ao G1 a transferência de doze presos da Casa de Custódia de Teresina para a Casa de Detenção Provisória Dom Inocêncio Santana, em São Raimundo Nonato, região Sul do estado. O recambiamento aconteceu nesta terça-feira (27), após a rebelião que atingiu a unidade prisional na segunda-feira (26).

De acordo com Portela, os presos transferidos são os mais indisciplinados e que ofereceram maior resistência durante o motim. “A decisão de transferi-los foi totalmente nossa. Em nenhum momento os recambiamos para atender pedidos deles, até mesmo porque a rebelião de ontem não teve um motivo aparente”, declarou.

No entanto, durante a rebelião dessa segunda, a reportagem do G1 conversou com a mulher de um detento que reclamou da qualidade da alimentação da penitenciária e de maus tratos. “Sempre que visito meu marido escuto reclamações da comida, que chega a vir com barata dentro. Além disso, ele relata que quando os agentes vão fazer vistoria agridem os presos com socos e spray de pimenta”, relata Chayane dos Santos, 23 anos.

Em resposta às reivindicações feitas pela familiar, o secretário estadual de Justiça, Henrique Rebelo, disse que irá convidar a imprensa para almoçar junto com os funcionários da Casa de Custódia. “Quero que um dia vocês venham almoçar conosco para constatar a excelente qualidade da comida”, declarou.

Secretário Henrique Rebelo convida imprensa para Almoçar na Casa de Custódia (Foto: Viviana Braga/G1)Secretário Henrique Rebelo convida imprensa para Almoçar na Casa de Custódia (Foto: Viviana Braga/G1)

Ainda segundo Rebelo, após a última rebelião na Casa de Custódia, ocorrida no dia 27 de outubro, todas as reivindicações feitas pelos presos foram atendidas. “Fizemos nossa parte. Aumentamos o tempo de banho de sol e da visita íntima. Por isso, todas as vezes que eles tentarem fazer rebeliões ou motins sem motivo aparente, nós vamos dar uma resposta. O estado do Piauí tem controle, tem ordem”, disse o secretário.

Ancelmo Portela acrescentou que o clima na Casa de Custódia segue tranquilo durante esta terça-feira e que a Tropa de Choque da Polícia Militar permanece na penitenciária, por tempo indeterminado, para reforçar a segurança do local.

Atualmente a Casa de Custódia de Teresina abriga cerca de 750 presos, quando a capacidade máxima é de apenas 330. De acordo com a Secretaria de Justiça, a demora no julgamento dos presos é a principal causa para a superlotação da unidade prisional.

A rebelião desta segunda-feira (26) teve um saldo de seis feridos. Esse foi o quarto motim na Casa de Custódia, em 2012.

Para ler mais notícias do G1 Piauí, clique em g1.globo.com/piaui. Siga também o G1 Piauí no Twitter e por RSS.

Domínio do Fato – Mais Notícias do Brasil

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato