Negócios

Bolsas da Europa sobem com acordo sobre dívida grega

Bolsas da Europa sobem com acordo sobre dívida grega

As ações europeias fecharam em alta nesta terça-feira (27) depois de credores internacionais terem chegado a um acordo para cortar a dívida da Grécia, dando algum apoio para a confiança dos investidores no curto prazo.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 0,27%,  aos 1.107 pontos, com o acordo grego abrindo o caminho para a próxima parcela de ajuda à Atenas, o que evitará um iminente calote.

Entretanto, o índice das blue chips da zona do euro, o Euro STOXX 50 index, fechou praticamente estável aos 2.542 pontos e muitos investidores expressaram dúvidas sobre detalhes do plano, incluindo a capacidade da Grécia para cumprir as metas de redução do déficit.

“Há um sinal de esperança, mas o mercado precisa mais do que isso”, disse o broker de ações europeias da XBZ Mike Turner.

As ações da companhia de alimentos Nestlé e do grupo da área de saúde Novartis contribuíram com a maioria dos pontos do índice FTSEurofirst 300, indicando uma tendência favorável para as ações “defensivas”, vistas como as mais resilientes a uma economia fraca, mais do que ações de “risco” como as de bancos.

Em Londres, o índice Financial Times teve alta de 0,22%, a 5.799 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,55%, para 7.332 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 teve variação positiva de 0,03%, a 3.502 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve perdas de 0,26%, para 15.479 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 caiu 0,14%, a 7.863 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 registrou desvalorização de 0,87%, para 5.247 pontos.

Para ler mais notícias do G1 Economia, clique em g1.globo.com/economia. Siga também o G1 Economia no Twitter e por RSS.

Mais Economina & Negócies em Domínio do Fato

Negócios

More in Negócios

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato