Brasil

Presidente do Instituto Natura elogia sistema educacional em MT

Presidente do Instituto Natura elogia sistema educacional em MT

SECOM/MT

Trocar experiências e ampliar as parcerias educacionais já firmadas entre o Instituto Natura e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) foi tema de reunião realizada nesta sexta-feira (23.11), entre o secretário Ságuas Moraes, o presidente do Instituto, Pedro Villares, e a presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Maria Nilene Badeca da Costa.

Durante o encontro realizado no gabinete do secretário houve uma apresentação técnica sobre todos os programas desenvolvidos pela Seduc, bem como a estrutura e organização da rede estadual. Ságuas destacou que o Estado possui 737 Escolas Estaduais, 450 mil alunos que cursam a educação básica e 36 mil profissionais da Educação, sendo que destes 21 mil são professores.

A assessora especial da Secretaria, Rosa Neide Sandes de Almeida falou sobre a organização interna da sede central, da estruturação no interior que conta com 102 assessorias pedagógicas e 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapros) e os projetos de ensino desenvolvidos. Dentre as estruturas e programas que chamaram a atenção de Villares, estão os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) e o Sistema Integrado de Gestão das Aprendizagens (SIGA).

“Temos 1,3 milhão de consultores da Natura em todo o país, muitos estão em Mato Grosso. Em 2007 eles contribuíram na mobilização para matrículas na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Naquele ano eles conseguiram 200 mil novas matrículas. Podemos retomar esse trabalho em parceria com a Seduc para contribuirmos com aqueles que estão fora de aula no Estado, voltem a estudar no caso nos CEJAs”, disse o presidente.

Sobre o SIGA, Rosa Neide explicou que trata-se de uma ferramenta online de acompanhamento cotidiano individual dos alunos do 1º Ciclo de Formação Humana (06 a 08 anos). “O processo de ensino aprendizagem, as capacidades de leituras e realização das operações básicas de matemática de cada estudante, tudo isso é observado pelo professor e lançado mensalmente no sistema, que é avaliado pelo coordenador pedagógico da unidade e pelo formador do Cefapro. Todos atuam em conjunto para ajudar os alunos com dificuldades”, explicou.

Para Pedro Villares o exemplo do SIGA pode ser seguido por outros Estados. “Os alunos precisam desse acompanhamento com avaliações cotidianas”, disse. O presidente destacou ainda que a Natura já desenvolve junto com a Seduc o projeto Trilhas que auxilia no desenvolvimento das capacidades de leituras e escrita para estudantes do 1ª ciclo, com aporte de material pedagógico a 367 unidades de ensino do Estado.

Progestão

Maria Nilene citou que a visita a Cuiabá também visa avaliar com a Seduc o desenvolvimento do projeto piloto Progestão Online desenvolvido por Seduc e Consed. “Nos dias 28 a 30 de novembro faremos a quarta reunião do Conselho, deste ano. E vamos discutir o projeto, que é piloto. A meta é reformularmos para podermos expandir para os outros Estados, agora em parceria com o Instituto”, disse.

Segundo a superintendente de Gestão Escolar da Seduc, Catarina Cortez, 500 diretores e coordenadores de Escolas Estaduais participam do curso online, que deve ser ampliado para 900 participantes em 2013. Atualmente a formação permite a gestores de 450 escolas da rede estadual adquirir conhecimento nas áreas administrativas e pedagógicas.

Notícias do Brasil em Domínio do Fato – Veja Mais Aqui!

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato