Brasil

Novos delegados conhecem estrutura da polícia no interior do Estado

Novos delegados conhecem estrutura da polícia no interior do Estado

SECOM/MT

A diretoria da Polícia Judiciária Civil apresentou na manhã desta sexta-feira (23.11), a estrutura das delegacias de polícia, aos 68 delegados do curso de formação técnico-profissional da Academia da Polícia Civil (Acadepol). A formação de cerca de cinco meses, finaliza no dia 7 de dezembro e no dia 10, às 9h30, será realizada a formatura dos delegados, na Associação dos Delegados de Polícia (Amdepol), em Cuiabá.

A Polícia Civil tem em sua estrutura 166 delegacias de polícia, sendo 28 na região metropolitana. O interior do estado está dividido em 12 regionais de polícia, que compõem a Diretoria de Interior, responsável pela administração de 133 delegacias juntos aos delegados regionais e municipais. Na capital as unidades policiais estão subordinadas a Diretoria Metropolitana e as delegacias de Várzea Grande e da Baixada Cuiabá estão sob administração da Diretoria Metropolitana Adjunta. Além das delegacias, a Polícia Civil ainda conta com as Gerências de Polinter (Gepol), Combate ao Crime Organizado (GCCO), Operações Especiais (GOE), a unidade de ensino Acadepol, Corregedoria Geral, e Coordenadoria de Polícia Comunitária.

O delegado geral, Anderson Aparecido dos Anjos Garcia, frisou aos novos delegados a importância de todas as diretorias e que todas necessitam dos profissionais. “O foco dessa reunião foi apresentar aos novos delegados a estrutura das delegacias do interior, suas demandas, número de procedimentos e policiais”, disse Garcia.

Durante a reunião, os delegados das 12 regionais apresentaram aos alunos delegados suas unidades, números de inquéritos policiais, boletins de ocorrências e cada um argumentou as qualidades da região e benefícios como forma de convencimento dos novos profissionais. “Nossa necessidade é muito grande, principalmente nas comarcas. Espero que diretoria atenda nosso pedido, até porque as cidades são distantes e é difícil para o delegado acumular”, destacou a delegada regional de Sinop, Maria Antônia Soares, que tem em sua regional 20 delegacias de polícia e quase 3 municípios.

Para o delegado do curso de formação, Bruno Magalhães, do Rio de Janeiro, a expectativa com término do curso é grande e disse estar preparado para assumir delegacias em localidades distantes do Estado, como da região de Alto Floresta, sua preferência. “Não é surpresa para ninguém porque todos têm curiosidade em conhecer o estado. É uma responsabilidade grande, mas estamos todos felizes e esperando tomar rumo”, declarou.

Também do Rio de Janeiro, o delegado Wilson Cibulskis Junior, trabalhou oito anos como escrivão de polícia no Rio. Ele contou que está apreensivo por ainda não saber a cidade que irá trabalhar e que sua preferência é a região de fronteira. “Acho temos condições de desenvolver um bom trabalho e ter visibilidade”, disse.

O delegado Marcel Oliveira, oriundo da Bahia, disse que durante curso conheceu várias cidades do interior de Mato Grosso e confessou estar ansioso para a conclusão do curso. “Nossa expectativa maior é terminar o curso e exercer logo as funções de delegado de polícia”, afirmou.

Os 68 delegados de polícia receberão as portarias de lotação na tarde do dia 10 de dezembro, logo após a cerimônia de formatura.

Notícias do Brasil em Domínio do Fato – Veja Mais Aqui!

Brasil

More in Brasil

Informação com independência editorial.

Copyright © 2016 Dominio do Fato